Ao adquirir um cão de é preciso ter em mente alguns cuidados, principalmente quando se trata de tipos de ração. Você sabe qual é o mais adequado? Vamos explicar aqui quais são os tipos de ração referentes a cada fase da vida de um cachorro. Isso é importante porque existem rações específicas com funções para as características do organismo em cada período.

Optar por uma alimentação adequada é responsável por melhorar o desenvolvimento do seu cãozinho, melhorando significativamente os  níveis de energia e bem-estar. Quando você dá a alimentação correta de acordo a idade e o peso do seu pet, o resultado é extremamente positivo. Por isso existe um tipo de ração para cada fase.

É necessário que desde cedo eles se habituem a dieta balanceada, ingerindo calorias, vitaminas e proteínas necessárias para que o possua um cotidiano saudável. O que muda, na realidade na hora da compra é a idade. Você deve comprar a ração de acordo com a faixa etária, seja filhote, adulto ou idoso, além do tamanho do animal.

Tipos de ração para filhote

As rações secas são as mais indicadas. A maioria delas já é composta pela medida suficiente para a necessidade de determinado cão. Por esse motivo, preste muito a atenção na diferença entre as rações secas e úmidas.

Por volta dos 45 dias de vida do filhote, é possível oferecer rações de diversos sabores: carne, frango, legumes e vegetais. Algum deles vai ser a preferência do seu pet. O mais recomendado por especialistas é que o dono vá alternando os sabores, para que o mesmo descubra qual é o sabor favorito e também para não se restringir a uma única ração.

Entenda também que para essas fases existem medidas adequadas, que devem ser respeitadas a fim de que sejam suficientes para suprir as necessidades do seu animal de estimação. No começo pode ser que ele estranhe, mas é normal, ao longo dos dias você precisa convencê-lo de que ele precisa se alimentar com o que está em sua vasilha.

Tipos de ração para cães na fase adulta (+ de 1 ano)

Quando completam seu primeiro ano, os cãezinhos já estão aptos a entrar para a fase adulta. É aí que eles passam a comer menos, normalmente cerca de duas vezes por dia. Tome muito cuidado, se você colocar quantidades exageradas de comida, isso pode acarretar uma série de problemas, como a obesidade. Para que ele tenha uma avida saudável, atente-se à quantidade de ração e ao horário em que ele vai comer.

Essa é a fase mais complicada. É quando eles começam a querer a nossa comida, mas é importante que você seja firme. Ao menos que seja um alimento natural, autorizado pelo veterinário. Mas a recomendação é que o dono não induza o animal a este hábito.

Tipos de ração para cães idosos

Os cachorros de porte grande chegam à velhice a partir dos 7 anos de idade, já os de pequeno porte por volta dos 10 anos. Os donos sabem que é uma fase complicada. Até porque eles acabam perdendo o apetite ao longo do tempo e acabam não conseguindo comer.

Assim como para as outras fases também existe um tipo de ração adequada para cães idosos. O primeiro passo é buscar informações com um veterinário. Só ele poderá te informar a ração correta e a quantidade adequada para seu pet.

O mercado disponibiliza também, rações destinadas a cães diabéticos e cardíacos, pelas quais possuem uma quantidade menor de gorduras e sal. Elas podem ser boas alternativas.

Mas se ainda, ele insiste em não comer, é bom recorrer a um especialista para verificar se ele não está com problemas dentários ou digestivos. Leve-o a um profissional e esclareça suas dúvidas para que o mesmo seja alimentado corretamente. Existem inúmeros tipos e marcas de ração no mercado.

O importante é que você saiba quais delas oferecem nutrientes, vitaminas e proteínas suficientes para cada fase da vida de seu cachorro. Fique atento ao custo x benefício. Esse também é um fator essencial a ser levado em consideração.

No mais, vale testar diferentes marcas e sabores, até que seu bichinho se adapte e desenvolva suas preferências alimentares. Agora que você já sabe como escolher a ração, basta adquirir aquela que mais se adeque às características do seu pet.

Referência:
 http://www.cachorrogato.com.br/cachorros/tipos-racao-para-caes/